segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Então lind@s moradores do planeta Terra. Hoje o vulva vem te dar um HELP na hora de chegar na pessoa desejada. Sim porque, convenhamos, fazer cara de galã e soltar “Oi meu nome é Arlindo mas pode me chamar de lindo porque o ar você já me tirou” é uma tática fatal apenas para a sua dignidade.



1.                  Analise o ser em questão:
É importante analisar de longe a pessoa que está fazendo seu órgão sexual subir/salivar. Fique atento para gestos, tom de voz, roupa, cabelo e humor. Se for uma pessoa introspectiva não vai ser bacana você chegar com uma piada do tipo “Eu estava olhando sua etiqueta. Como eu imaginava, tu foi feita no céu.”,e se for do tipo alto astral você não poderá chegar dizendo “Minha vida é uma merda, quer ser meu adubo?”.

2.                  Companhias:
Sempre ajuda muito se aproximar dos amigos da pessoa antes de chegar nela. Ajuda porque se você fizer direitinho pode acabar sendo apresentad@ ao invés de chegar na cara de pau polida, e também porque se integrar ao grupo te dá uma certa intimidade pra oferecer uma bebida e já perceber se dá pra rolar um gang bang ou -not. Se você perceber que não tá rolando atração (da outra pessoa claro, você já tá até imaginando posições) e a bebida for recusada é só fingir que ofereceu a bebida porque gosta de agradar os amigues, aproveitando pra gritar: RODADA POR MINHA CONTA. Certifique-se de que levou o cartão de crédito. Fuga para o banheiro é uma boa alternativa para fim de mês, ou simplesmente diga: “ahh você achou mesmo que eu ia te pagar uma bebida? Caraca você caiu nessa mesmo?” e saia de perto, se possível mude de ambiente.
Sem contar que já dá pra saber se a pessoa é comprometida, e não acabar sendo surpreendid@ por alguém (que sempre é maior/maisforte/maisbonito que você) dizendo pra você se afastar ou vai perder os membros.

3.                  Criatividade tem limites:
Sabemos que fazer rir é um bom começo pra uma conversa, mas todo mundo ri do palhaço e ninguém manda cartinha de amor pra ele. Opte por chegar com simplicidade, fazendo um elogio sincero ou perguntando as horas, ou perguntando qual a tonalidade de tinta que a pessoa usa (CUIDADO: NÃO SERVE PARA HETÉROS). Mostrar que você reparou na pessoa é uma boa tática. Procure reservar os elogios do pescoço pra cima, nos primeiros momentos. Não é muito agradável ouvir “oi, tudo bom? Belo par de peitos, parabéns!” ou “Você pode me informar as horas? Por sinal, sua bunda é a mais linda que já vi.” ou ainda “Olááá, eu sou a Jussara, tudo bom? Que volume é esse entre as pernas, hein? Tá sem cueca? UAU”. Apenas não gente. Não.


Se depois disso tudo você ainda levou um toco, lembre-se sempre do lema do telemarketing: o não você já tem, basta correr atrás do sim. Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima MEUZANJO!


Bjo dasvulva
Reações:

2 comentários:

Jairo Vanucci disse...

Curti pra caralho, anotei! Depois tomarei a liberdade de lançar o dicas de cantada 2 com as técnicas secretas do Jajá! Com cantadas pré prontas que te poupam tempo e Aguardem!

admntd disse...

Legalll
Game para celular